Outro dia conheci uma história que me emocionou muito.Duas grandes mulheres reforçaram como é forte o amor de uma mãe para um filho. Sarah sempre sonhou em ser mãe, depois de um tempo casada começou a tentar engravidar  e após alguns anos tentando naturalmente, ela notou que talvez tivesse que partir para um Plano B e que talvez o “problema” dela fosse um pouco mais sério do que o casal esperava.  Ambos decidiram optar pela FIV logo na primeira tentativa engravidaram, ficaram muito felizes em descobrir que seriam pais de dois meninos, mas a notícia triste veio próximo ao 3o trimestre, Sarah entrou em trabalho de parto prematuro e os gêmeos que nasceram bem pequenos, não resistiram.A família ficou arrasada e em profundo luto, Sarah relata que a pessoa que mais a apoiou além de seu marido, foi sua mãe. Ela ainda conta que durante todo o processo, elas desenvolveram um relacionamento ainda mais próximo do que tinham antes.Passadas as lágrimas, eles não desistiram, tentaram mais uma vez e assim Sarah engravidou novamente, mas sofreu um aborto expontâneo com 6 semanas. Você pode dizer que essa é uma história muito triste e isso pode realmente preocupar algumas tentantes que me seguem, mas acredito que Deus tem a forma Dele de trazer nossos filhos ao mundo, eu acredito que essa história existe para nos mostrar exatamente isso, que Ele promete e cumpre suas promessas, mas que as coisas acontecem do jeito Dele e na hora Dele. A Mãe de Sarah,  Kristine ao ver o sofrimento da filha teve uma idéia.Uma idéia de puro amor  e de chocar qualquer um, ela apresentou a Sarah e ao marido a idéia em forma de carta.Na carta Kristine mencionou que uma das épocas mais felizes de sua vida havia sido durante a gestação de Sarah, que ela havia amado carregá-la em seu útero e ainda reforçava as boas taxas de gravidez em mulheres de 61 anos,Ao final dessa emocionante carta, Kristine  deixava claro que se Sarah e o marido quisessem, ela carregaria seu neto com o maior amor e orgulho do mundo. E assim foi feito.   Kristine engravidou de Finn, filho de Sarah e seu marido.Foi uma gestação linda ela deu á luz a Finn com a família unida e de forma natural. E hoje ela vive um verdadeiro milagre ao lado de sua filha, neto e genro.A história virou livro “Bringing in Finn” e você pode conferir o trailer da história aqui embaixo.  Espero que isso aqueça o coração de vocês que são mães e que essa história traga a certeza no coração das tentantes de que seus filhos estão a caminho, só devemos escutar a voz do cara lá em cima. BeijosCacau Prado