Olá mamães que irão se identificar, e olá papais que foram marcados em meu post., acho que essa marcação foi tipo um #FicaADica para vocês viu? Hoje eu vou ajudá-los a se expressarem melhor, afinal nunca é fácil se comunicarem com uma mulher no pós parto. A primeira coisa que precisam saber é que sabemos o que está acontecendo conosco, mas não conseguimos agir diferente e  entendam que esse é o momento que mais precisamos do apoio, amor e paciência de vocês.Então vamos lá:  Vocês chegam em casa do trabalho e a mulher de vocês precisa tomar banho, então elas entregam o bebê para vocês para terem seus valiosos 15 minutinhos de paz no chuveiro e heis que logo o bebê começa a chorar , a 1a coisa que vocês falam é:1 – Amor é o peito, dá o peito pra ele. E isso serve para qualquer momento do dia em que uma mulher precise de vocês. Até entendo que um bebê chorando deixe vocês angustiados, mas acreditem, esse chororô também incomoda as mamães e olha que elas já passaram o dia todo assim, então tentem acalentar o bebê, troquem a fralda, ninem e tentem distraí-lo, depois se nada resolver você pode perguntar:Amor faz pouco tempo que você o amamentou? Caso o bebê tenha mamado a pouco tempo, não é fome, por isso repita tudo outra vez, sabe porque ?Por que é isso que a mamãe terá que fazer também se ela assumir seu posto então  deixe-a tomar um banho feliz e tranquila, não existe nada mais agradável que uma mulher tranquila depois de tomar um banho em paz. 2 – Porque você está cansada? Ficou o dia inteiro em casa. Quando você diz isso sua mulher entende:– “Pare de reclamar, porque você não está fazendo nada o dia inteiro!” E ela está cansada sim, porque tem motivos para estar.No pós parto as mulheres estão com os hormônios lá no pé, tudo é motivo de lágrimas, nosso organismo está sempre trabalhando para produzir leite, nos manterem mais acordadas, trocamos muitas fraldas, sem contar as mamães que em meio aos cuidados com os bebês ainda precisam realizar os afazeres domésticos. .Muitas se sentem feias, diferentes e precisam entender que vocês ainda as amam e mesmo que para alguns pais seja difícil amar uma mulher que anda pela casa com a fralda no ombro, toda descabelada e fedendo a leite, no fundo vocês a amam sim, só precisam reaprender a demonstrar isso. Ao invés de falar a frase acima, escolha chegar em casa e elogiá-la.Se ela penteou o cabelo hoje, experimente dizer que estão bonitas.Se fizeram o jantar, agradeçam a comida e se passaram o dia sem conseguirem fazer nada disso apenas digam: – Amor que mãe maravilhosa que você se tornou, tenho muito orgulho de você. Porque é verdade !   3 – Nossa amor você reclama muito,  eu daria tudo para não ter que trabalhar e ficar aqui em casa cuidando do nosso filho Será mesmo?Será que você abriria mão de poder almoçar no silêncio, conversar com os amigos e adultos para ficar com seu filho o dia todo?E só pra completar , nós mamães sempre trocaríamos tudo para ficarmos como nossos filhos,  mas acho que é por isso que somos MÃES.Nós preferímos sempre ficar com os bebês, mas isso não quer dizer que é fácil passar pelos primeiros meses em casa, amamentando de 3 em 3 horas, saber que vocês saem e jogam conversa fora com amigos enquanto só temos pauta para conversarmos sobre coco, vômitos ou a série que estamos tentando começar a assistir. 4 – Você ama mais ele (o bebê ) do que eu  Sim ela ama, nem adianta querer concorrer, mas na verdade é um amor diferente.O tipo de amor que sentimos pelos nossos filhos é de proteção por realmente sabermos que eles dependem de nós. E você já são bem grandinhos né? Nos transformamos em grandes leoas e nesse começo com a chegada do bebê leva mesmo um tempo para alguns casais entenderem em que página fica todo o romantismo da vida a dois. Mas sua mulher ainda te ama, e muito ou ainda mais do que antes, mas ela está tentando lidar com esse amor avassalador que é quando um filho nasce.Ao invés de tentar se sentir de fora, tente se aproximar, incluir-se na rotina dos dois e nos momentos especiais.Comprometa-se em dar o banho no bebê para criar também um laço afetivo especial com seu filho e dê carinho a sua mulher que com certeza você receberá muito mais de volta. 5 – Você precisa se cuidar mais Algumas mulheres acabam esquecendo de si durante o pós parto, ficam em casa o dia todo de pijama e realmente não é saudável para elas, mas ao invés de reclamar de algo que ELA SABE, mas não está conseguindo controlar, simplesmente ignore. Chegue em casa, pegue o bebê e ofereça para ficar com ele enquanto ela toma um banho mais demorado, quem sabe aí ela decida pentear o cabelo né?E tenham paciência que logo ela volta a ser aquela mulher vaidosa de sempre. 6 – Quanto tempo demora para o corpo voltar ao “normal”? Ela também não sabe essa resposta e acredite ela se olha todos os dias no espelho e se desespera por não saber responder essa pergunta. Algumas mulheres voltam super rápido, outras demoram um pouco mais, tudo vai depender da genética, alimentação e se ela está conseguindo amamentar. Ao invés de cobrar pelo corpo de antes, tente aceitar que agora ela é uma mãe no puerpério e as mudanças e transformações do corpo dela merecem ser respeitadas. Daqui alguns meses quando o médico liberar exercícios físicos experimente dizer que “você (papai)” está querendo  se exercitar em algum horário do dia, e a convide para isso.Encontre alguém que se disponha a ficar com o bebê para que vocês se exercitem juntos ou o leve junto para caminhadas matinais.Você pode até começar sozinho e depois tentar levá-la junto, só para que o convite não soe como uma crítica ao corpo dela.  Outra frase que algumas escutam é aquela de quando a mulher pede ajuda com algo e você(papai) diz: 7 – Vou pedir pra minha mãe vir te ajudar Ela não quer a ajuda da sua mãe, ou da mãe dela ou de uma babá, quando ela pede ajuda para você, é de VOCÊ que ela realmente precisa.Sei que você nunca foi pai, mas ela também nunca foi mãe, o que acha de descobrirem as coisas juntos? Experimente tentar fazer o que ela lhe solicitou e avise-a antes ” olha amor não sei muito bem trocar uma fralda, mas vou tentar e se eu errar me corrija” você irá constrangê-la com tanta dedicação e ela abrirá um sorriso enorme só por você estar se esforçando. 8- Amor você não acha que está exagerando ? Ela pode até estar, mas não pergunte isso a ela.De alguma forma aquilo que ela está falando está a incomodando, dê ouvidos, a acalme e tente buscar soluções para as reclamações dela.Mesmo que a reclamação seja algo do tipo ” Você não fica mais comigo, ou não me ama mais”Tente perguntar ” O que eu poderia fazer para você entender que estou aqui ao seu lado?”E se ela responder “Não sei!”Simplesmente a abrace e diga que a ama, isso não costuma falhar. 9 – Nossa amor, que bagunça Entendi que sua mulher antes era a verdadeira Amélia e que agora você mal consegue encontrar meias limpas para ir trabalhar, mas já pensou o porque disso?Se antes ela dava conta de tudo e agora não, é porque realmente a demanda de afazeres aumentou e sua mulher não está conseguindo cumprir com tudo sozinha. ​ Sei que você trabalha fora e quando chega em casa quer o jantar na mesa e seu pijama preferido limpo e passado, mas a função de um pai já começa nesse capítulo, è sua função como provedor da casa, encontrar meios de ajudar sua família.A idéia de provedor não é só financeiro não, você deve prover soluções quando as coisas estão impossíveis para seus familiares. Se ela não está dando conta do jantar, experimentem cozinhar tudo em um fim de semana com ela e congelarem para o restante dos dias. Se o problema está nas roupas acumuladas, combinem dias alternativos para um ajudar o outro a lavar e passar. Se tiverem condições contratem alguém que possa auxiliar nesse serviço, ou chamem aquela avó que está morrendo de vontade de ajudar já para atuar nessa situação, expliquem para a vovó que a ajuda não é para ficar com o bebê, e sim ajudar com as roupas. 10 – Você não é mais a mesma de antes Não mesmo, agora ela é mãe.E você também não é o mesmo, a paternidade muda também um homem. Tente começar a olhar para dentro de si e entender onde você se encontra em meio a tudo isso, como você pode ajudá-la a recuperar a vontade fazer coisas que vocês faziam antes juntos.Faça uma sessão de pipoca em casa, lave a louça do jantar para que ela possa passar mais tempo com você, traga flores na volta do trabalho. E tenha paciência porque uma hora tudo se encaixa, o grande amor da sua vida voltará a ser aquela mulher especial e interessante que um dia você se apaixonou.E o mais importante  é que se você passar por tudo isso junto dela, ela te amará ainda mais do que antes.